Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 4 de março de 2009

DIA 8 DE MARÇO

JÁ ESTÁ TÃO PERTO O DIA 8 DE MARÇO...


(imagem tirada da net)
Nunca Envelhecerás

A tua cabeleira
é já grisalha ou mesmo branca?
Para mim é toda loira
e circundada de estrelas.
Sobre ela
o tempo não poisou
o inverno dos anos
que se escoam maldosos
insinuando rugas, fios brancos...

Ao teu corpo
colou-se o vestido de seda,
como segunda pele;
entre os seios pequenos
viceja perene
um raminho de cravos...

Pétalas esguias
emolduram-te os dedos...
E revoadas de aves
traçam ao teu redor
volutas de primavera.

Nunca envelhecerás na minha lembrança!...

Saúl Dias, in "Sangue"

3 comentários:

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Lindo o poema que coincide com o que venho fazer aqui hoje: convidá-la a conhecer o meu novo Blog destinado à publicação de produções que falem da(s) mulher(es). Aceito contribuições.
Um abraço,
Renata
http://blogrenatafeminina.blogspot.com

Anya disse...

Bem este poema é lindo! Chega a arrepiar! Demais mesmo! =)

Um grande beijo e um bom fim de semana querida =)

xuakkkkkk!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Já te disse como acho esse poema lindo.
Bel:
Fiz no Feminina um post dedicado ao Dia Internacional da Mulher. Apareça.
Um beijo,
Renata