Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 22 de abril de 2009

(imagem tirada da net)

A Manhã Raia
A manhã raia. Não: a manhã não raia.

A manhã é uma coisa abstracta, está, não é uma coisa.
Começamos a ver o sol, a esta hora, aqui.
Se o sol matutino dando nas árvores é belo,
É tão belo se chamarmos à manhã «Começarmos a ver o sol»
Como o é se lhe chamarmos a manhã,
Por isso se não há vantagem em por nomes errados às coisas,
Devemos nunca lhes por nomes alguns.

Alberto Caeiro, in "Poemas Inconjuntos" Heterónimo de Fernando Pessoa

3 comentários:

rosa dourada/ondina azul disse...

A manhã raia
o dia começa...


Beijinho,

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Bel:
Como sempre, Pessoa em suas facetas. Eu, como gosto de todas, adoro os seus posts. A que menos leio é Ricardo Reis, talvez pelo formalismo. Mas também gosto.
Amiga, voltei hoje, e como vou participar da Blogagem Coletiva - O Filme da Minha Vida, e não vou estar aqui nos dias desse evento, dia 29 e 30, pois estarei em tratamento, publiquei o post hoje no Galeria. Gostaria muito que me desse uma força e fosse lá, pois estou precisando.
Talvez esteja nesses dias aqui, mas o tratamento é tão forte que provavelmente estarei de cama.
Um abraço,
Renata

APO (Bem-Trapilho) disse...

olá amiga!
vim desejar uma fantástica semana!
mil bjos :)